Deusa Tiamat

 

Deusas Divinas - Deusa Tiamat
Deusa Tiamat

Buscamos na Babilônia, na Antiga Mesopotâmia (1800 a.C.), e encontramos a Deusa Tiamat.

Ela é o símbolo do caos da criação primordial.

O Encontro sagrado entre as águas salgadas e as águas doces, tão importantes para a sobrevivência das civilizações antigas.

Pesquisas sugerem que existam duas partes no mito da Deusa Tiamat, a primeira na qual ela é uma deusa criadora, através de um casamento sagrado entre sal e água doce, criando calmamente o cosmos através de gerações sucessivas. No segundo, Tiamat é considerado a monstruosa personificação do caos primordial.

Alguns autores consideram a morte de Tiamat por Marduk, na mitologia Acadiana e Babilônica, como evidência de sua hipótese de uma antiga mudança de poder de uma sociedade matriarcal para uma patriarcal.

Esse conceito foi posteriormente desenvolvido na teoria da Grande Deusa. A teoria sugere que Tiamat e outras figuras antigas (Apresentadas como antigas divindades supremas de religiões pacíficas centradas nas mulheres, acabam assumindo as formas de monstros quando agredidas), sua derrota nas mãos de um herói masculino correspondeu à maneira pela qual as religiões dominadas por homens derrubaram a sociedade antiga.

Atualmente é representada pela amada Luciane Denicolo , a Gaúcha! @luciane_gaucha

@claudyatoledooficial

#sagradofeminino

#deusasdivinas

#deusashindus

#femininosagrado

#empoderamentofeminino

#lumina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *