Deusa Hathor

Deusas Divinas - Deusa Hathor
Deusa Hathor

O ano de 2020 regido pelo sol pede uma consciência clara de nossa parte, nos objetivos de vida e nas relações, então, de volta ao Antigo Egito (5500 a.C. a 200 d.C.) nos deparamos com uma de suas principais divindades, a Deusa Hathor (em egípcio: ḥwt-ḥr).

Como divindade ela desempenhava diferentes papéis na sociedade egípcia. Como deusa do céu era a mãe ou consorte do deus do céu Hórus e do deus do sol Rá, ambos eram conectados com a realeza, e, portanto, ela era a mãe simbólica de seus representantes terrenos, os faraós.

Era uma das várias divindades que atuavam como o Olho de Rá, a contraparte feminina do deus, e sob essa forma, protegia Rá de seus inimigos.

Seu lado benevolente se manifestava na música, dança, alegria, amor, sexualidade e cuidados. Estes aspectos de Hathor exemplificavam a concepção egípcia da feminilidade.
Hathor era representada por uma vaca com o disco solar sobre sua cabeça, simbolizando sua relação com o mundo celestial maternal e criador da vida.

Ela também foi representada como uma leoa por ser protetora e como cobra por ter desperta a energia da Kundalini.

Os textos egípcios costumam falar das manifestações da deusa como “Sete Hathors”, sete raios, relacionados aos 7 chackras.

Seu lado alegre indica o poder procriador feminino. Em alguns mitos da criação, ela ajudou a produzir o próprio mundo.

Deusa Hathor diz: Eu crio o meu mundo! E ela ,Arline Davis sua representante sobre a terra, cria o mundo de qualidade de vida! @arlinekdavis

@claudyatoledooficial

#sagradofeminino

#deusasdivinas

#deusashindus

#claudyatoledo

#femininosagrado

#empoderamentofeminino

#lumina

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *